Encontre Aqui A Postagem Desejada:

Carregando...

Curta Nossa Página No Facebook e Fique Sempre Bem Informado !

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Homicídios são a principal causa de morte de crianças e adolescentes, diz estudo…

1023595-03062016-dsc_7683_1

Por dia, 29 crianças e adolescentes são assassinadas no Brasil, de acordo com estudo da Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais (Flacso) Brasil divulgado hoje (30). O número coloca o país em terceiro lugar em homicídios de crianças e adolescentes em uma lista de 85 nações. O número de vítimas negras é quase três vezes maior que o de brancas.

Segundo o relatório Violência Letal Contra as Crianças e Adolescentes do Brasil, os homicídios são a principal causa do aumento drástico das mortes de crianças e adolescentes por causas externas. Os assassinatos representam cerca de 2,5% do total de mortes até os 11 anos e têm um crescimento acentuado na entrada da adolescência, aos 12 anos, quando causam 6,7% do total de mortes nessa faixa etária. Entre as mortes ao 14 anos, 25,1% são por homicídio, percentual que atinge 48,2% na análise dos óbitos aos 17 anos.

“Apesar do mito cordial e boa praça do Brasil, o país é extremamente violento”, diz o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, coordenador do Programa de Estudos sobre Violência da Flacso Brasil, autor do levantamento. O estudo mostra que houve um aumento no número de homicídios desde 1980. Naquele ano, o número das mortes por acidente de transporte liderava as causas de mortes por fator externo de crianças e adolescentes, com 4.782 pessoas de até 19 anos. Esse número subiu para 5.262 em 2013. Já os homicídios, que somaram 1.825 casos em 1980 saltaram para 10.520 em 2013, um aumento de quase seis vezes. Em 34 anos, 207.438 crianças e adolescentes foram mortos no país, segundo o levantamento.

Venda de lâmpadas incandescentes está proibida no país a partir de hoje…

966342-03072015-dsc_9694

A partir de hoje (30), está proibida a venda de lâmpadas incandescentes no Brasil. O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) começa a fiscalizar amanhã (1º), por meio dos institutos de Pesos e Medidas (Ipem) estaduais, estabelecimentos comerciais que ainda tenham à disposição lâmpadas incandescentes com potência de 41watts (W) até 60 W. Quem não atender à legislação poderá ser multado entre R$ 100 e R$ 1,5 milhão.

A restrição foi estabelecida pela Portaria Interministerial 1.007/2010, com o objetivo de minimizar o desperdício no consumo de energia elétrica. Uma lâmpada fluorescente compacta economiza 75% em comparação a uma lâmpada incandescente de luminosidade equivalente. Se a opção for por uma lâmpada de LED, essa economia sobe para 85%.

Farol baixo de dia nas estradas passa a valer em 8 de julho em todo país…


1-551

Especialistas internacionais em trânsito atestam que o uso do farol baixo reduz em até 12% o risco de acidentes nas estradas, envolvendo pedestres e ciclistas, e em 5% as colisões entre carros. No Brasil, a medida já é obrigatória para as motos durante o dia e à noite. Os demais veículos são obrigados a usar luz baixa à noite e em túneis.

A partir do dia 8 de julho, passa a valer em todo país a exigência do uso do farol baixo durante o dia nas rodovias para todos os veículos. O não cumprimento da lei será considerado infração média, com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira de habilitação.

Disque-Denúncia atenderá apenas em horário comercial

NOTA OFICIAL


O Disque-Denúncia Agreste informa à população que, a partir do dia 1º de Julho, passará a funcionar de forma reduzida, recebendo informações apenas durante o horário comercial. A mudança se faz necessária diante da impossibilidade de renovação da parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Defesa Social, para o repasse de recurso financeiro indispensável para o funcionamento nos moldes atuais.


Atenciosamente,

Coordenação Disque-Denúncia Agreste

Caruaru recebe a “Nave Planetária”



Abrindo oficialmente a temporada de férias no Caruaru Shopping, uma super atração promete fazer muita gente viajar pelo espaço, sem tirar os pés da terra. A partir da próxima segunda-feira, 4 de julho, a “Nave Planetária” aterrissa no espaço reservado para eventos do centro de compras e lazer. Uma atração educativa, cheia de curiosidades que promete atrair toda a família.


A “Nave Planetária" é o primeiro planetário móvel 100% digital do Brasil, com tecnologia importada, filmes licenciados e dublados, ar-condicionado, projeção Full HD e uma cúpula com capacidade para acomodar até 80 pessoas. São filmes sobre os mais variados temas espaciais, entre eles: Universo, Big Bang, formação dos planetas e outros especiais falando sobre a Terra.

A atração fica em cartaz no Caruaru Shopping, funcionando de acordo com os seguintes horários: de segunda a sábado, das 14h às 21h; domingos e feriados, das 12h às 20h. Os ingressos podem ser adquiridos no próprio local. Criança até 10 anos acompanhada de adulto pagante não paga ingresso. A atração também aceita carteirinha de estudante e dispõe de pacotes especiais para grupos.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Desemprego já chega a marca de 11,4 milhões de brasileiros

 
(Reprodução: Internet)

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 11,2% no trimestre encerrado em maio de 2016, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta quarta-feira, 29, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado veio dentro das expectativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que estimavam uma taxa de desemprego entre 11,10% e 11,70%, com mediana de 11,40%.

Em igual período do ano passado, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 8,1%. No trimestre encerrado em abril, o resultado também foi de 11,2%.

A renda média real do trabalhador foi de R$ 1.982,00 no trimestre até maio de 2016. O resultado representa queda de 2,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 175,6 bilhões no trimestre até maio, queda de 3,3% ante igual intervalo do ano passado.

Desde janeiro de 2014, o IBGE passou a divulgar a taxa de desocupação em bases trimestrais para todo o território nacional. A nova pesquisa substitui a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), que abrangia apenas as seis principais regiões metropolitanas, e também a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) anual, que produz informações referentes somente ao mês de setembro de cada ano.

Fonte: www.diariodepernambuco.com.br

418 veículos serão disponibilizados para lances no 6º leilão do DETRAN-PE


Uma iniciativa da Secretaria Estadual das Cidades (SECID), o 6º leilão de veículos do Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN-PE, acontecerá no próximo dia 30 a partir das 9h da manhã, no pátio da empresa Coliseum, localizada em Vitória de Santo Antão, na altura do km 41 da BR-232. O objetivo é dar um destino útil a carros e motos apreendidos pelo Órgão: seja devolvendo às ruas aqueles com condições pra isso ou possibilitando a reciclagem dos componentes de veículos sucateados. Serão disponibilizados 418 lotes para os lances da população.


Como lembra o Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que, após 90 dias de apreensão, os veículos não reclamados por seus proprietários sejam leiloados. “Os leilões contribuem, inclusive, para retirar automóveis abandonados nas ruas, evitando que ameacem a saúde pública”, salienta.



Nos dias 28 e 29 de junho, o pátio da Coliseum estará aberto à visitação prévia para averiguação das peças, no horário entre 9 e 16h. Quem quiser também pode ver os veículos a partir das 8 da manhã do dia 30 de junho, antes do início do leilão. “O cidadão pode, se assim o desejar, levar um mecânico, para ajudá-lo a avaliar o estado do veículo que pretende arrematar”, sugere Charles Ribeiro.



O Edital, contendo as informações gerais sobre o leilão, a exemplo das normas, documentação exigida e taxas de administração a serem pagas pelos arrematantes, pode ser acessado no site do DETRAN: www.detran.pe.gov.br.



Texto: Cláudio Eufrausino - Imprensa- DETRAN-P



Foto: Paulo Maciel - Imprensa - DETRAN-PE